Topo
Bru Fioreti

Bru Fioreti

Categorias

Histórico

Ressaca das eleições? Veja 5 atitudes para recuperar o equilíbrio e o foco

Bru Fioreti

31/10/2018 04h59

Talvez sua ressaca das Eleições 2018 já esteja passando… Talvez seus "engovs" emocionais ainda não tenham surtido efeito suficiente para recobrar o equilíbrio emocional depois de tantos desentendimentos e discussões inflamadas no período eleitoral. Claro que o assunto não está encerrado: não é porque o pleito passou que vai deixar de se informar ou falar sobre política, esteja você feliz ou chateada com o resultado.

Mas provavelmente você começou a sentir a necessidade de (re)encontrar o eixo, pôr a mão na massa e tocar melhor o dia a dia de trabalho, convivendo com quem descobriu que pensava diferente e, claro, produzindo. Certo? É para você que está com dificuldade de entrar na rotina com serenidade que as dicas abaixo foram pensadas.

Quer fazer as pazes com os amigos pós-eleições? Escolha o timing certo e exercite escutar, mesmo se não concordar (Foto: Pexels)

1) Comece a meditar com essas ideias simples

Meditação cabe em qualquer fase da vida, mas é especialmente eficiente para desenvolver equilíbrio emocional e acalmar em tempos difíceis.

Há muitos tipos de meditação… Você pode começar com técnicas de respiração, inspirando e expirando calmamente por alguns minutos; pode repetir mentalmente um mantra com os olhos fechados (usando um timer no celular); focar em um objeto enquanto respira calmamente; ou ainda "esvaziar a mente" enquanto faz outras coisas, como caminhar, lavar a louça ou cuidar de plantas — isso se aproxima das técnicas de Mindfullness.

Em qualquer uma das tentativas, não se incomode quando passarem pela mente pensamentos dos mais variados, é normal! A prática ajuda a não "brigar" com as ideias que surgem, mas deixá-las ir e vir sem se enraivecer ou se cobrar.

Nada disso funciona? Tente então ficar em silêncio por alguns minutos diários ouvindo trilhas tranquilas, como mantras, música clássica ou instrumentais.

2) Filtre contatos e dê um tempo para voltar a falar com quem se indispôs

Pouca gente passou ilesa das brigas entre parentes e amigos por divergências de opiniões. As Eleições passaram, mas eles ficaram, e agora? Se a pessoa não lhe fizer falta ou já era um pouco distante, veja pelo lado bom: você teve um ótimo atalho para filtrar os relacionamentos nocivos ou inócuos da sua vida. Mas, se for alguém importante para você, provavelmente vai querer fazer as pazes, e há duas dicas para levar o projeto paz & amor a cabo:

  •  Treine uma comunicação não violenta, procurando conversar ao vivo. Treine colocar-se no lugar do outro e ouvir mais do que fala, em vez de só querer comprovar seu argumento. Lembre-se de que entram aqui as pessoas com as quais você de fato quer manter uma relação, amigos, colegas e parentes que, na sua visão, valem o esforço. Expliquei mais detalhadamente sobre isso nesta coluna aqui;
  •  Espere os ânimos se acalmarem, dê tempo ao tempo. Em suma, a não ser que seja preciso, espere para ter um diálogo mais profundo apenas nas próximas semanas, é melhor que ambos estejam mais serenos para que haja uma conversa em vez de uma troca de impropérios.

3) Foque em uma meta que lhe empolgue até dezembro

Estabelecer uma meta clara e com prazo definido ajuda a manter o foco em uma atividade, mesmo que tudo ao seu redor tente dispersá-la. Mas isso funciona melhor quando o objetivo em questão é curto, possível, tem um quê de desafio e depende só de você.

Procure pensar no que você gostaria de realizar até o fim do ano.

  • O que na esfera pessoal e profissional faria com que comemorasse a virada do ano mais feliz?
  • Está ao seu alcance?
  • Envolve algum desafio?
  • Depende apenas do seu esforço?

Então ótimo. Agora é só escrever a meta, traçar os passos para atingi-la e monitorar os avanços semanalmente — ou diariamente, tanto melhor.

Veja também

4) Estabeleça um limite de informação e rede social diário

A última coisa que uma colunista de um portal de notícias e jornalista de formação vai fazer é sugerir que você deixe de se informar. A proposta é apenas estabelecer um limite diário de consumo de informação e principalmente de acesso a redes sociais e WhatsApp que lhe mantenha informada sem sequestrar o seu tempo e o seu foco para as demais atividades.

A dica para reduzir o tempo com notícias sem se privar de saber o que precisa é estabelecer um bom filtro de informação. Na prática, isso envolve:

  • Priorizar veículos de comunicação que conheça para se informar, em vez de embarcar em comentários e prints de WhatsApp;
  • Criar uma rotina de informação, com um bloco de tempo destinado a ler ou assistir ao que lhe interessa sem ficar mesclando com outras tarefas; 
  • Estabelecer um limite de tempo e um horário máximo para se conectar. Até determinada hora da noite, depois chega, senão prejudica o sono.

5) Zele pelo seu cérebro, com mais água e mais sono

Para recuperar o equilíbrio emocional e o foco nas atividades profissionais, seu cérebro precisa estar em perfeito estado. Lembrando que, para que funcione perfeitamente, precisa no mínimo de dois combustíveis: água e sono. Certifique-se de prover ambos ao herói que habita o seu crânio.

Tome um copo de água em vez de discutir; desligue a TV e apague a luz em vez de stalkear os últimos posts dos seus desafetos eleitorais…  Até para argumentar melhor você vai precisar do seu cérebro, cuide dele.

Para mais descobertas da neurociência e dicas de como fazer seu cérebro trabalhar a seu favor, clique aqui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.