Topo
Bru Fioreti

Bru Fioreti

Categorias

Histórico

12 ideias de Psicologia Positiva para lidar com o estresse no trabalho

Bru Fioreti

23/10/2018 04h00

Se listasse os fatores que estão deixando você exausta depois do trabalho, o que estaria no topo?

Bem, só o fato de estar prestes a terminar 2018 costuma ser suficiente para dar a sensação de que os problemas dos meses anteriores estão pesando nas costas. Às vezes literalmente, uma vez que o estresse pode ter implicações sobre a saúde física, além de mental. Sem contar o impacto nos relacionamentos pessoais.

Cultivar relacionamentos de trabalho com mais leveza começa por olhar nos olhos das pessoas. Isso já ameniza o clima (Foto: PEXELS)

No ambiente profissional e fora dele, é possível lidar com sensação negativa usando táticas de produtividade aplicadas por coaches profissionais mescladas a técnicas comprovadas de Psicologia Positiva que contribuem para diminuir as emoções negativas e fomentar o bem-estar no ambiente de trabalho.

Sem mais delongas, vamos à lista de dicas.

1) Trace suas metas para o dia seguinte

Como já relatei aqui, o simples ato de fazer uma To Do List antes de dormir melhora a qualidade do sono e diminui a ansiedade. Mas, além da lista de afazeres, recomendo estabelecer um objetivo principal a ser cumprido, algo mais "macro", que vá dar o tom ao dia e trazer uma sensação de satisfação se for feito.

2) "Leia" seus sinais de cansaço

Chorando à toa? Zero paciência em casa? Esquecendo tudo? Dificuldade para pegar no sono? Esses são alguns sinais de estresse, e podem haver muitos outros. Cada pessoa reage de uma forma à pressão no trabalho, qual é a sua? Olhar para si mesma e fazer essa pergunta é o primeiro passo.

3) Escreva como se sente toda noite ou manhã

Uma maneira de entender como se sente e de trazer mais consciência para o que anda lhe estressando no dia a dia é fazer uma espécie de diário. Não precisa ser uma carta enorme! Poucas palavras bastam, porque é o gesto de parar para pensar em você que importa. Ao escrever como se sente e como gostaria de se sentir, você fomenta o autocuidado.

4) Faça "dieta de notícias"

Vários estudiosos de Psicologia Positiva apontam para os efeitos maléficos de consumir notícias negativas demais — claro, você absorve aquele conteúdo de alguma forma. O que sugiro é criar um limite diário. Não precisa se alienar, ainda mais em épocas de decisões importantes como a que vivemos. Mas determine um horário para ler e ver TV, de preferência bem antes da hora de dormir e fora da cama!

5) Pratique 3 gratidões diárias

A mais conhecida das ferramentas da Psicologia Positiva é também a mais eficaz. Anote pelo menos três coisas pelas quais sente gratidão diariamente para ter duradouros efeitos sobre o nível de bem-estar. Mesmo que soe estranho no início, você se adapta e colhe os frutos.

Leia também

6) Movimente-se por 30 minutos todo dia

Não é exatamente uma novidade, certo? Então por que, ainda assim, tantos de nós viramos as costas para essa recomendação? Temos uma tendência a complicar o que pode ser simples. A dica é ir de caminhada mesmo para iniciar na prática, assim você não tem desculpas para se movimentar em qualquer brecha do dia. A química do bem que isso desperta vale cada minuto.

7) Olhe nos olhos das pessoas ao falar com elas

Relacionamentos são considerados os pilares da felicidade. Isso vale para os que você estabelece no trabalho, uma vez que podem ser duradouros e impactar muitas horas do seu dia. Para melhorar a qualidade deles, altere sua comunicação não verbal, olhando para a cara das pessoas, ao menos, em vez de continuar no computador ou no celular enquanto falam com você! A velha e boa dupla "por favor" e "obrigada" também são ótimas para estabelecer relações mais gentis. É simples mesmo. Comece por aí.

8) Crie um pequeno ritual matinal

Já falei disso algumas vezes no blog e não por ser um modismo lançado pelo best-seller "Milagre da Manhã", mas porque é uma das técnicas comuns entre as pessoas mais felizes e mais ricas, veja você. O ritual é seu, faça como quiser. Pode incluir etapas tão simples como beber água + escovar os dentes + alongar. Porém, sugiro acrescentar a escrita das gratidões, incluir um breve exercício de respiração e ficar longe do celular por pelo menos 10 minutos depois de acordar. É um conjunto de atividades destinado a preparar sua mente e seu corpo para um bom dia.

9) Investigue como o trabalho se conecta ao seu propósito

Parece complexo, mas dá para trazer mais senso de propósito ao dia a dia perguntando-se como, de alguma forma, o que você faz no dia a dia tem um impacto positivo na vida das pessoas. Outra forma é encontrar pontos de intersecção entre o que de bom a empresa tem e seus objetivos profissionais. Recordar-se das razões de fazer o que faz fomenta o que a Psicologia Positiva trata como motivação intrínseca — aquela que vem de dentro de você e está alinhada aos seus valores mais íntimos. Claro que a resiliência aumenta quando essa motivação estiver em alta: você se sente em paz e tem mais equilíbrio e motivos para lidar bem com revezes.

10) Comece o dia pelas tarefas mais desafiadoras

Técnica antiprocrastinação defendida por especialistas de gestão das mais diversas áreas que torna o dia menos estressante. Uma maneira de fazer isso é definir no dia anterior qual a atividade mais trabalhosa ou mais chata que precisa fazer no dia seguinte (ou ainda aquela com mais impacto para os seus planos de carreira). Ao chegar, vá direto para ela, sem dar margem a dúvidas. Ao terminar o desafio, você se sentirá competente e baixará o nível de estresse.

11) Visualize-se resolvendo problemas

Talvez a mais popular ferramenta utilizada por coaches esportivos e que foi "emprestada" pelas demais áreas. Assim como os atletas se imaginam fazendo inúmeras vezes os movimentos perfeitos, você pode treinar falas de reuniões difíceis ou se visualizar feliz e aliviada depois de ter resolvido aquele drama que anda lhe tirando o sono. Foque na sensação boa que isso lhe traz e respire calmamente. Na hora H, há grandes chances de retomar essa memória criada e se dar bem — falei sobre um dos defensores dessa prática aqui.

12) Releia todo dia seu "lema de vida"

Mais uma ideia vinda de estudos de Psicologia Positiva é ter um lema automotivante, uma frase de efeito que traga energia e sentido para a sua vida. Pode ser tirada de uma música ou ser uma máxima que sempre repita para sair de situações difíceis e se sentir melhor. Certique-se apenas de o seu lema ser 100% positivo, ok? Releia todo dia de manhã antes de sair de casa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.