Topo
Bru Fioreti

Bru Fioreti

Categorias

Histórico

5 dicas para fazer do seu namorado um parceiro de crescimento profissional

Bru Fioreti

12/06/2019 04h00

Treinar para reuniões, poupar em conjunto, organizar a semana: usem o tempo juntos para crescer também na carreira (Foto: PEXELS)

Vamos partir da premissa de que você escolheu uma pessoa do bem e que torça para seu crescimento profissional, certo?

A partir disso, posso dizer que existem formas de praticar o incentivo mútuo que vão além do "boa sorte nessa entrevista, amor". Separei 5 dicas para começar hoje, no Dia dos Namorados, a levar essa parceria para o próximo nível.

Veja também

Vamos a elas.

1 – Use os fins de semana juntos para fazer mais programas culturais

Não é sobre tornar 100% dos momentos úteis, mas sobre acrescentar algo cultural ou produtivo para a carreira de ambos nos momentos a dois.

Fins de semana, por exemplo, não precisam estar completamente fora da programação de desenvolvimento profissional. Fica mais fácil, porém, quando os dois compartilham o objetivo de relaxar aprendendo.

Programas culturais são um meio-termo bom, porque acrescentam conhecimento sem necessariamente ter aquela cara de "estamos trabalhando". Cinema, museu, feira…

Usem a cabeça para aprender algo juntos — ambos se tornarão mais interessantes e elevarão a qualidade dos assuntos, que tal?

2 – Compartilhem cursos, assistam a TEDs, comentem leituras

Além dos programas culturais, por que não adicionar uma palestra online aqui, um documentário acolá? Não precisa fazer um clube do livro privado, mas vale trocar impressões sobre leituras, compartilhar textos e até fazer o mesmo curso online.

São pequenas atitudes que podem parecer artificiais de início — caso não estejam acostumados a falar tanto de trabalho –, mas que contribuirão para cada um crescer na carreira e intelectualmente… e até se conhecerem melhor.

3 – Aproveitem o domingo à noite para fazer o planejamento semanal

Se você ainda não está programando as principais tarefas da semana, faça o teste de se sentar diante de um caderno ou de um bloco de notas na sexta-feira no fim do dia ou no domingo à noite para definir a prioridade da semana, alocar as principais tarefas e incluir alguns programas que não estariam previstos na agenda convencional de trabalho.

Essa é uma das técnicas mais básicas de produtividade, porque incentiva fazer mais do que ir e voltar do trabalho e entrar no piloto automático.

A sugestão é que ambos se sentem lado a lado para organizar, como se fosse uma reunião express de diretoria. Em menos de 10 minutos vocês terão se programado e estarão com menos daquela clássica queda de ânimo de fim de domingo. Pode fazer e me contar :-).

4 – Use a inteligência emocional para separar o conselheiro do namorado

Se vocês são um casal que troca figurinhas profissionais e treina junto para reuniões importantes ou conversa sobre os desafios do dia a dia, parabéns, isso tende a ser saudável e produtivo.

Acontece que muitas pessoas fazem isso e ficam magoados um com o outro quando recebem um feedback sincero, o que prejudica a relação.

Nessa hora, sugiro se lembrar de que ali quem está falando é seu parceiro de incentivo profissional, talvez uma das poucas pessoas que vai poder dar uma opinião sincera (aquela que seus colegas e amigos chegados podem estar sem coragem de falar).

Desde que haja delicadeza na forma de falar, que a intenção seja de ajudar e que o trato seja de se ajudar mutuamente, será ótimo saber em que você tem oportunidade de melhorar. Trabalhe a capacidade de lidar com críticas para separar as opiniões tóxicas dos feedbacks construtivos.

5 – Faça um plano financeiro de casal à parte dos individuais

Parte importante da vida profissional tem a ver com saber lidar com dinheiro.

Se ainda não guardam nada e nunca conseguem fazer uma viagem a dois, por exemplo, tentem criar uma poupança do casal à parte para viagens ou para programas do fim de semana. É um bom jeito de treinar o hábito de poupar, e o estímulo de fazer algo a dois vai ajudar na programação.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.