menu
Topo
Bru Fioreti

Bru Fioreti

Categorias

Histórico

Balanço de 2017: como analisar o que passou para moldar melhor seu futuro

Bru Fioreti

28/12/2017 08h00

Existe função no bombardeio de retrospectivas que você nos sites de notícias como este, na TV, na internet (Top 9 e outras formas de relembrar os melhores momentos/posts do seu ano). Revisitar acontecimentos ruins com olhar crítico ajuda a aprender e a mudar atitudes; enquanto olhar para as vitórias tem o poder de fazer você se sentir bem rapidamente e se motivar.

Ou seja, a pausa para a reflexão é a atitude mais simples e efetiva que você pode fazer antes da virada. Mas vamos colocar método nisso!  Como coach, recomendo sempre manter o foco no presente/futuro, então a ideia disso não é se perder nas nostalgias, mas colher aprendizados e insights para o estabelecimento de novas metas, desafiadoras e possíveis para os 12 meses seguintes.

Vamos?

Primeiro, separe um tempo para essa missão

Uma hora ou mais, dependendo do ânimo. Computador ou caderno de anotações em mãos (eu gosto da ideia de montar um Caderno de Você, uma espécie de diário para anotar ideias, conclusões, planos e sentimentos). Lembrando que reflexões não "materializadas" tendem a se perder na confusão mental.

Consulte agenda, anotações, fotos nas redes sociais, tudo o que fizer a sua retrospectiva pessoal ficar mais prática (Foto: Pexels)

Então é hora de listar os pontos altos e baixos do ano

Faça uma lista do que lembrar, e para isso pode espiar agenda, notas, e-mails, redes sociais, ou simplesmente se prender ao que a memória trouxer. Para cada item, escreva ao lado qual foi o aprendizado. Fui demitido em abril, ok, mas o que aprendi com isso? Consegui ler muito neste ano, o que fiz certo para atingir este resultado, e o que posso melhorar?

Enfatizando estas perguntas: por que isso deu certo? Por que aquilo deu errado? Encontrar as razões por trás de erros e acertos é o primeiro passo para entender suas motivações. Se você se programou para perder 10 quilos e não cumpriu a meta, por que isso aconteceu? No meio do caminho, você pode ter falhado no planejamento, ou pode notar que não tinha uma razão forte para emagrecer, que se sabotou quando teve um problema emocional… E tirar uma estratégia disso, assim:

  • Em qual meta eu falhei?
  • Por que e em qual ponto falhei exatamente?
  • O que posso fazer diferente da próxima vez?
  • Qual vai ser minha estratégia se eu insistir no erro?
  • Como saberei que atingi minha meta (quais serão as evidentes, as consequências práticas)?

Olhe para todas as esferas da sua vida

Claro, porque além da análise e dos aprendizados gerais, convém avaliar sua vida inclusive nas áreas que não "trabalhou" muito. Pessoal, profissional, financeiro, familiar, qual desses aspectos ficou desequilibrado? Qual quer priorizar no ano que está chegando e por quê? Só não se esqueça de ser fiel ao SEU conceito de equilíbrio, falei sobre este tema aqui.

Finalize olhando para frente

Terminada esta tarefa, facilite seu trabalho no final do ano que vem, escrevendo uma carta para você mesmo, dizendo o que quer realizar, por que isso é importante, por que você merece tudo isso. Esta técnica (meiga, convenhamos) é já bem conhecida para cristalizar resoluções. A ideia é abrir daqui a exatamente um ano.

Última dica: divida com alguém próximo as conclusões sobre 2017 para fixá-las e dar este ciclo como encerrado na sua vida e conte sobre suas principais metas para 2018, trazendo um aliado para o que está por vir. Dividir aprendizados e sonhos torna tudo mais claro e tangível.

 

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.