Bru Fioreti

Categorias

Histórico

5 ideias para criar uma imagem marcante e reforçar seu branding pessoal

Bru Fioreti

13/11/2017 08h00

Tratar a si mesmo como uma marca é uma estratégia que tem sido amplamente difundida em tempos de rede social, competitividade acirrada no mercado de trabalho e febre empreendedora entre os integrantes da geração Y.

Branding pessoal é isso: a habilidade de criar uma imagem de marca coerente, conhecendo seus pontos fortes e pontos a desenvolver e comunicando de maneira efetiva o que for conveniente para seus objetivos — conveniente e verdadeiro, claro, porque o branding pessoal é sobre quem você é e deseja ser e não sobre uma “persona” inventada e insustentável.

É sobre o longo prazo, a construção de marca, como você quer ser lembrado mesmo quando não está presente.

Bem, uma vez que você entendeu do que se trata o personal branding, é hora de aprender a criar uma imagem marcante, daquelas que ficam na mente das pessoas e ajudam você a se destacar na sua área de interesse.

Aqui no blog, já falei sobre a importância de causar uma boa impressão profissional aqui e sobre o que vem depois do branding, o marketing pessoal, aqui.

Mas existem teorias simples sobre a criação de uma imagem impactante que podem ser aplicadas facilmente e que são úteis para quem está começando no “negócio” do branding pessoal agora.

Vamos a elas.

1 – Tenha sempre consigo um objeto ou acessório fora do comum

Técnica defendida pelo especialista em marketing e networking Keith Ferrazzi, é certeira para destacar você da multidão, literalmente.

Pense em gravatas coloridas ou estampadas para homens, óculos marcantes de grau ou de sol, pulseiras, um conjunto de colares herdados, chapéu, estampas, tênis e até um perfume. Coisas que você ame e que tenha vontade de usar frequentemente. Não precisa ser extravagante — embora seja mais efetivo –, precisa ser VOCÊ.

Sempre falo sobre esse tema remetendo à ideia de criar um “look signature” ou “look-assinatura”, que pode ser um corte de cabelo, porque é fácil e rápido de ser “captado”. Para ter esse efeito de marcar uma imagem, porém, deve ser mantido por um certo período.

A menos que sua marca-registrada seja justamente fazer o tipo “metamorfose ambulante”.

Cor de cabelo, corte, óculos, acessórios… Criar uma imagem marcante passa por definir seu estilo pessoal (Foto: Pexels)

2 – Crie suas máximas e expressões únicas

Os clichês estão aí para serem usados, não é mesmo? Mas quão mais interessante você se torna se criar seus próprios clichês, termos e expressões que sempre repete e que deixarão uma marca pessoal…

Podem ser palavras de que goste, mas também a maneira de falar — alô, orgulhar-se do seu sotaque e tirar proveito disso em vez de tentar adaptá-lo para agradar alguém.

Ter máximas pessoais também é uma forma de demarcar seus pontos de vista. Você aumenta suas possibilidade de ser citado pelos outros e ser visto como uma pessoa de convicções fortes, de personalidade. Óbvio que estamos falando de coisas que não tenham o poder de manchar a sua imagem.

No universo empresarial, vale ter cuidado com paixões políticas e comentários de mau gosto e racismo — aliás, estes você pode fazer o favor de abolir, né?

3 – Conheça sua paleta de cores

Somos seres visuais e formamos uma opinião sobre a outra pessoa rapidamente.

A paleta de cores correta tem o poder de amenizar seus defeitinhos (pense em olheiras, manchas etc) e destacar suas qualidades físicas, isso vale para a coloração de cabelo, mas também para as roupas, os acessórios, a maquiagem…

Sabe aquela pessoa que aparece de vermelho um dia e recebe uma chuva de elogios? Pois então, provavelmente aquele tom a favorece e ela passa a ser notada de uma maneira positiva. Ressaltando que, na consultoria de imagem, nenhuma cor é “proibida” — existem apenas nuanças mais favoráveis que outras para cada pessoa.

4 – Firme-se como especialista em algo e dê sua opinião

A ideia é tornar-se referência em algum assunto, que pode ser profissional, mas também ter a ver com hobby. Se você é amante de corrida e “divulga” isso no dia a dia e nas redes sociais, sempre que surgir com algo relacionado ao tema, vão se lembrar de você e pedir sua opinião. Bingo!

Com isso, também passa ser visto como alguém mais interessante, que tem múltiplos interesses, cuida da saúde, persistente… Isso só para citar o exemplo da corrida. Mas vale também para trabalhos manuais, voluntariado, leitura de algum tema, fissura por carros, habilidades na cozinha, coleção de antiguidades.

Não importa o quê, o que interessa é a sua capacidade de se tornar autoridade em algo específico e que de fato seja verdadeiro para você. É garantia de ser lembrado.

5 – Faça “cobranding” com pessoas marcantes

Você já deve ter ouvido a teoria de que nos tornamos a média das cinco pessoas com quem mais convivemos, certo? Acreditemos nela ou não, é inegável que a associação tem poder. Isso, no universo do branding pessoal, é chamado de “cobranding”, conectar-se a pessoas e marcas que vão ser ligadas a você num piscar de olhos.

As pessoas com quem anda, os lugares nos quais almoça, as páginas que curte, tudo isso acaba sendo “cobranding” e, se a sua ideia for construir uma imagem forte e marcante, merece ser levado em conta. Se você não for dado a muita exposição pessoal mas tiver vontade de reforçar seu branding, pode associar-se a pessoas carismáticas, que farão parte do trabalho por você.

Afinidades criam conexões fáceis e verdadeiras, preciosas para o processo de criação de uma marca pessoal consistente.

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Blog Bru Fioreti
Topo