PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Balanço 2019: use esse guia de 4 fases para se autoavaliar e traçar metas

Bru Fioreti

31/12/2019 04h00

Aqui vai uma proposta: contemple o ano que passou pensando no que aprendeu e quer melhorar em 2020 (Foto: Pexels)

Tanta retrospectiva aparecendo aí e você ainda não fez a sua? Pois se for para lembrar o que aconteceu em 2019 na sua vida que seja com um olhar generoso. Não para colocar panos quentes no que teve de ruim, mas para enxergar o aprendizado que tira de cada erro, de cada queda.
Não é papo motivacional, é estratégia calcada em Psicologia Positiva para, daí, formular metas mais efetivas para o ano que chega.

A seguir, proponho um guia de quatro passos para fazer seu balanço do ano. É só usar como roteiro e anotar o que for lembrando e os insights que surgirem.

1) Balanço de metas cumpridas

Vamos começar por olhar as resoluções de Ano Novo passadas e, mesmo se não fez isso bem estruturado, por entender o que queria realizar e conseguiu. Ou não. E por quê.

  • De tudo o que planejou executar em 2019, o que realizou?
  • E o que não realizou?
  • Pense no porquê da realização e da não realização para cada meta. O que você fez ou não fez para obter esse resultado? Qual o seu papel nisso? Aconteceu algo externo?
  • O que tira de aprendizado do que foi realizado? Que comportamentos, atitudes, posturas, reações, planejamentos, pessoas etc têm sido favoráveis à realização na sua vida?
  • O que tira de aprendizado do que NÃO foi realizado? Que comportamentos, atitudes, posturas, reações, planejamentos, pessoas etc têm sido prejudiciais de alguma forma à realização na sua vida?
  • Tem alguma coisa que parecia superimportante realizar no início de 2019 e que hoje não faz mais sentido? Reflita sobre isso. (Aqui, é para que comecemos a pensar nas chamadas metas autoconcordantes, que são as metas que de fato são importantes para você e "casam"com seus valores. Quando você traça metas não autoconcordantes, a chance de falhar é maior, porque falta motivação intrínseca — mais um termo da Psicologia Positiva para explicar a motivação intensa, que vem de dentro, relacionada a algo que seja autoconcordante e que você, de fato, deseja intensamente realizar).
  • Tem algo que, olhando da perspectiva atual, gostaria de ter traçado como meta em 2019 e não o fez? Por que isso teria ajudado? (Atenção aqui para não cair em autocomiseração, tá? É apenas um exercício teórico para ajudar na formulação das novas metas e te ajudar a se autoinvestigar em termos do que realmente é uma meta importante na sua vida).

2) Balanço da esfera pessoal

Por esfera pessoal, vamos entender tudo o que não concerne a trabalho, de saúde a espiritualidade. A ideia é entender como está sendo sua vida nessas esferas e o que pode/quer melhorar.

Comecemos por dar nota de 0 (zero) a 10 para cada área a seguir, pensando em como ela está hoje. Se tiver dúvida do que significa o termo, pergunte-se "o que isso quer dizer para mim?" e dê a nota.

Outro ponto: se você não está em um relacionamento amoroso hoje, isso quer dizer que sua nota nesse tópico precisa ser baixa? Não! É sobre como você se sente sobre aquela área da vida. Se está tudo bem, a nota é alta, ok?

Vamos lá então. De 0 (zero) a 10, quão bem você está hoje e esteve em 2019 nas seguintes áreas:

  • saúde
  • relações familiares
  • relacionamento amoroso
  • relacionamentos com amigos
  • lazer e diversão
  • qualidade de vida no geral
  • espiritualidade
  • inteligência emocional 

Agora é hora de se aprofundar nos porquês.

  • Por que você deu a nota que deu para cada seguimento?
  • Por que não foi nota 10? (se deu nota 10, obviamente, ignore)
  • O que precisa evoluir em cada uma dessas áreas? E, disso, o que merece se tornar meta para 2020?
  • Se pudesse escolher apenas uma área para priorizar em 2020, qual seria?
  • Pelo que sente gratidão em cada esfera acima?

3) Balanço da carreira

Vamos usar a mesma estratégia de autoavaliação do tópico anterior para a esfera da carreira.

A carreira, ao contrário do que pode parecer, não é só seu trabalho atual, é tudo o que tiver a ver com a vida profissional, incluindo estudos e até a evolução de comportamento, que respinga na atuação profissional. É o processo todo.

Vamos lá então. De 0 (zero) a 10, quão bem você está hoje e esteve em 2019 nas seguintes áreas:

  • trabalho/ocupação atual
  • ganhos financeiros
  • estudos (mesmo autodidata)
  • perspectiva profissional (tem um plano ou um rumo?)
  • comportamento no trabalho (e soft skills)
  • networking

Agora é hora de se aprofundar nos porquês.

  • Por que você deu a nota que deu para cada seguimento?
  • Por que não foi nota 10? (se deu nota 10, obviamente, ignore)
  • O que precisa evoluir em cada uma dessas áreas? E, disso, o que merece se tornar meta para 2020?
  • Se pudesse escolher apenas uma área para priorizar em 2020, qual seria?
  • Pelo que sente gratidão em cada esfera acima?

4) Metas macro para 2020

Com base em tudo o que respondeu até aqui, vamos pensar no que merece virar objetivo para 2020, usando os aprendizados para evitar cometer os mesmos erros.

Chamei de "metas macro" porque são aquelas que ainda precisam ser desdobradas em tarefas práticas e ir para o dia a dia — que é quando, de fato, qualquer meta acaba se concretizando. Mas isso é tema para outra coluna. Hoje é dia de pensar na cena completa, nos sonhos, no que quer terminar 2020 tendo conquistado.

  • De todas as metas cumpridas em 2019, qual pode ir para o próximo passo e se tornar uma nova e mais ambiciosa meta? Eu quero isso de verdade? Por quê?
  • De todas as metas não cumpridas em 2019, qual merece continuar no meu radar neste ano que chega? Eu quero isso de verdade? Por quê?
  • O que não posso terminar o ano de 2020 sem ter realizado de jeito nenhum? Isso é viável de ser realizado no período? Depende mais de mim que dos outros?
  • Qual área da esfera pessoal (tópico 2) eu quero priorizar em 2020? Por que isso é muito importante para mim?
  • Qual área da esfera da carreira (tópico 3) eu quero priorizar em 2020? Por que isso é muito importante para mim?
  • Se eu pudesse compilar todas essas metas no máximo 5 metas macro para o ano, quais seriam elas?

Com isso em mãos, é hora de destrinchar as metas em tarefas menores, para aumentar a chance de serem realizadas e tornar os grandes feitos palatáveis para o dia a dia.

Mas se você passou pelo roteiro todo que criei aqui, escreveu tudo isso… olha, o primeiro e importante passo, parabéns, você já deu.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.

Blog da Bru Fioreti