Topo
Bru Fioreti

Bru Fioreti

Categorias

Histórico

Acordar meia hora antes pode mudar a sua vida, veja como

Bru Fioreti

20/07/2017 08h00

Acordar meia hora mais cedo pode mudar a sua vida. Forte, né? Mas é exatamente isso que acontece não pelo simples fato de você mudar meia horinha no despertador, mas por fazer desses 30 minutos o período mais focado do seu dia, o que impacta tudo o que vem depois.

O poder da disciplina matinal está descrito em diversos clássicos sobre pessoas de sucesso e tem cada vez mais entrado em foco em palestras e cursos sobre produtividade, coaching e motivação. Todo mundo já ouviu a história de um CEO que não marca reuniões no período da manhã ou de um empreendedor que começa o dia em jejum. Tudo tem razão de ser.

Um início de manhã bem pensado prepara o terreno para que você tenha o dia centrado e produtivo que planejou – sim, porque a ideia é planejar não só os compromissos, mas principalmente o objetivo principal de cada dia. Com um ritual de manhã, é mais fácil acalmar a mente, fomentando disciplina e foco.

Antes de tudo, saiba que pessoas de alta performance reconhecem o poder de uma noite bem dormida, sem interrupções, e de um planejamento estratégico que as faça acordar já prontas para tomar decisões com clareza. Isso tem tudo a ver com a rotina matinal, mas começa na noite anterior, como vou detalhar a seguir.

Crie seu combo do bom dia. Inclua sempre sorriso leve, meditação ou visualização e pouco carboidrato. Foto: iStock

TRÊS REGRAS DE OURO DA PRODUTIVIDADE MATINAL

Determine um horário fixo para dormir e acordar. Vá diminuindo seu horário de acordar em 10 minutos cada semana para que seu corpo se acostume aos novos horários. Estipule um horário para ir para cama e obedeça. Especialistas em sono recomendam deixar tudo absolutamente escuro e em silêncio ou colocar uma música instrumental suave e repetitiva se tiver dificuldade para se desligar do mundo lá fora.

Também indicam afastar animais de estimação, que podem te interromper (essa dica eu particularmente não sigo, meus gatos dominam a cena em casa…).

Afaste-se do celular uma hora antes de dormir e pelo menos meia hora depois de acordar. Nem seu sono nem seu despertar devem ser desviados por uma espiadinha no Instagram ou uma resposta rápida no WhatsApp. E não basta apenas desligar as notificações: coloque o celular em modo avião antes de dormir e só o acione depois do ritual matinal, para manter a clareza e a concentração.

Separe roupas e as metas seguintes na noite anterior. Isso serve para poupar seu cérebro de tomar decisões pequenas, ladras de energia, logo pela manhã. Separe as roupas um dia antes (já falei disso aqui) e, de preferência, planeje os principais tópicos da agenda antes de se deitar.

 

O QUE INCLUIR NOS SEUS 30 MINUTOS DE ROTINA MATINAL

Cada um tem a sua ordem, mas os fatores são mais ou menos os que listo abaixo, respeitadas as regras anteriores.

Lembre-se de que a ideia é criar um hábito matinal construtivo, que deixe você em conexão com seus objetivos e cheio de energia. Edite de acordo com seu tempo, não há certo e errado — há o que funciona para você!

Meditação ou visualização breve: para te manter conectado com seus principais objetivos e presente no momento, pronto para começar bem o dia. Os benefícios da meditação a longo prazo são inúmeros, mas se tudo isso parece intangível para você, comece ao menos prestando atenção na respiração por 5 minutos (coloque um timer), sem o compromisso de esvaziar a mente. Isso já cumpre a função.

Sorriso: a visualização pode ser feita com um leve sorriso nos lábios ou você pode sorrir para o espelho. Por mais estúpido que isso possa parecer, é um recado para seu cérebro de que você está feliz, sentindo-se bem. Seu organismo responde dando a você mais disso em termos químicos (leia-se serotonina e endorfina liberadas).

Caderno de notas ou diário: use-o para 1) esvaziar a mente quando você começa a pensar em tudo o que precisa fazer e se sente preocupado e atolado assim que acorda; 2) planejar as três prioridades do dia e o foco da sua manhã. Geralmente, a manhã é o momento em que mais temos energia e merece ser ocupada pelas tarefas mais difíceis, importantes ou chatas (que exijam concentração). Anotando tudo, você ganha clareza e começa a agir.

Leitura ou áudio construtivo: para que você já comece o dia aprendendo algo em vez de já entrar no "looping" de notícias ruins ou de dar as respostas que os outros esperam de você. Controle a primeira coisa na qual pensa de manhã, controle sua agenda, diga não (ou ignore mensagens quando puder) e treine seu foco.

Café da manhã pobre em carboidratos: vale  um post à parte, mas por ora o que precisamos pontuar é que estudiosos de alta performance e nutrição sugerem cortar o pãozinho e os carboidratos ditos "simples" de manhã, porque nos deixam mais morosos. Prefira café, chá, ovos ou outras proteínas e gordura "do bem" (óleo de coco, abacate) e sinta como seu ânimo fica melhor. Eu faço isso e percebi que melhoro o foco muito!

Caminhada ou exercício: recomendado para quem sabe que se não fizer exercício de manhã, vai deixar de fazer. Mas pode ser uma caminhada matutina leve, de 10 a 30 minutos, boa para despertar os sentidos suavemente.

 

MAIS DICAS

Um dia de teste já pode dar pistas de como a rotina matinal amplia o foco, mas, na minha experiência como coach, vejo que a implantação desse sistema provoca mudanças visíveis e até mensuráveis a partir de duas semanas, quando vem a percepção de uma quantidade grande de pendências resolvidas (logo pela manhã), mais foco durante o dia, bem-estar e satisfação por conseguir ler mais e se organizar melhor.

Para quem curte o tema e quer saber mais, recomendo os vídeos do estudioso de alta performance Gabriel Goffi, os textos do coach Benjamin P. Hardy e os livros de produtividade do Brian Tracy (mais indicações minhas de livros aqui).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Bruna Fioreti é coach de vida e carreira, jornalista e consultora de branding pessoal e conteúdo. Ministra cursos e palestras sobre carreira, estilo, produtividade e temas femininos pelo Brasil - expertise desenvolvida em cinco anos como redatora-chefe da revista Glamour. Com MBA em Coaching em curso e seu projeto Manual de Você, realiza dezenas de atendimentos individuais e dissemina o conceito de #autocoaching nas redes sociais.

Sobre o blog

Dicas e reportagens sobre carreira, com foco nas mulheres que buscam satisfação, foco, produtividade e aprimoramento da imagem profissional. Um espaço para falar das tendências da área, que vai te ajudar a atingir a melhor performance da empresa chamada VOCÊ.